Pages

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Caminhos para uma vida saudável


Acróstico de Arthur Miranda*


A:
Alimentação saudável (equilíbrio na qualidade, quantidade, combinação, freqüência e horário das refeições. A digestão e a assimilação de nutrientes também são influenciados pela salivação, mastigação, estado psíquico e pelo tipo de atividade que se faz após cada refeição).

Água limpa (hidratação adequada, banhos...)

Ar puro

Ambiente harmonioso (limpo, organizado; interagir e equilibrar-se com a natureza)

Arte (para apreciação e/ou prática; buscar a boa arte – aquela que promove o bem estar, despertando bons pensamentos e sentimentos)

Abandono dos vícios

Amor (desenvolvimento e prática do amor fraternal e altruísta, respeitando a si próprio e aos demais seres, em prol de uma vida harmoniosa e feliz)

M:
Mecânica [cuidar do aspecto bio-mecânico do corpo, através da movimentação (atividade física aeróbica, musculação, massagens, alongamentos, recomendados por profissional habilitado) e da postura (ao deitar, sentar, andar, abaixar-se, pegar peso, etc)]

Moderação (buscar equilíbrio no estudo, trabalho, alimentação, lazer, descanso, etc)

Moral equilibrada (cultivar bons sentimentos; evitar nutrir emoções inferiores)

Mente positiva e vigilante (nutrir bons pensamentos; buscar boas leituras e conversas; vigiar os sentidos; lembrar da mentalização como recurso terapêutico)

Meditação

O:
Otimismo

Organização (das atividades do dia-a-dia, ambiente de dormir, local de estudo, trabalho, etc)

Oração (uso consciente da palavra em prol de ideais elevados. Pode-se, também, fazer uso de afirmações positivas, verbalizando-se, em algum momento do dia, algo construtivo que se almeja alcançar e, ao mesmo tempo, tentando sentir que esse intento já está se realizando. Exemplos de frases: eu sou feliz; eu me amo; e eu sou saudável e minha saúde está melhor a cada dia que passa, em todos os aspectos.)

Objetivos de vida (criar metas ou objetivos positivos que gerem disposição de ânimo ou vontade para que sejam alcançados, renovados ou redimensionados, sempre que necessário)

R:
Respiração (buscar uma boa prática respiratória; estudar seus potenciais terapêuticos)

Recreação (quando necessário e viável, praticar alguma atividade de lazer que proporcione prazer, alegria
e/ou alívio das tensões, sem prejuízo da saúde)

Radiação (uso salutar das cores, banho de sol, etc; evitar exposição prolongada a aparelhos
eletromagnéticos, como celulares ou computadores)

Repouso adequado (garantir o descanso noturno em local confortável, silencioso e escuro, tentando dormir antes das 23 horas, ou até mais cedo da noite, se possível. Disponibilizar pelo menos um dia por semana para um auto-restabelecimento biopsíquico, sem que precise trabalhar neste dia. Evitar, no período noturno, luminosidade excessiva, exposição prolongada a TV ou computador, ingestão de bebidas com cafeína (café, chá preto, chá mate, guaraná, coca-cola, pepsi-cola e chocolate), ingestão copiosa de alimentos e prática intensa de atividade aeróbica)

*Arthur Miranda é clínico geral, especializações em Medicina Social, com enfoque em Saúde da Família, e Acupuntura.

6 comentários:

lucidreira disse...

Sábias palavra, recomento que esses encinamentos sejam seguidos por todas as pessoas que frequentam e leem este espaço.
Parabéns
Abraço

pablorochapoesias.com disse...

De fato um estilo saudável de vida terá reflexos muito maiores do que se pode imaginar, principalmente a longo prazo!

Seu blog está tratando de temas atuais e extremamente relevantes.

Beijos

ju rigoni disse...

Gostei do blogue, Tania!

Textos que conduzem a necessárias reflexões.

Bjs, linda. E inté!

Caminhos de cura disse...

Lu, que as palavras aqui escritas sirvam de reflexão, essa é a intenção.
Obrigada pela presença, novamente.

Caminhos de cura disse...

Pablo, querido, obrigada pela sua presença aqui. Já vai ficando com uma cadeira cativa..rs.
Abraços,

Caminhos de cura disse...

Ju, que bom que você gostou, espero que venha muitas vezes.
Abraços,